quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Mundo GG e as Férias

Olá pessoal!
E ai, curtindo as férias?
Bom, há alguns dias eu pedi a vocês que me mandassem fotos curtindo as férias, lembram?
Pois é, recebemos alguns emails e eu vou publicá-los durante essa semana e a próxima, okay?
A primeira pessoa que eu quero mostrar é uma amiga muuuuuuuuuuito especial: Mariana Diamond. Mari, além de leitora do blog é uma amiga querida e blogueira incrível!(não deixem de visitar O Papel Acobreado) Nós estudamos juntas na faculdade e trabalhamos na mesma rede de escola - ainda que não na mesma unidade - então eu fico muito feliz que ela seja a primeira a estreiar essa coluna de férias. Aguardem, porque essa mocinha ainda vai aparecer muito por aqui!
Na primeira foto a Mari é a loira de branco, lindíssima no Reveillon com os amigos.

Na segunda foto, ainda no Reveillon, a Mari curtindo todas, será que vocês conseguem achá-la?

Num momento mais tranquilo, Mari e como ela mesmo disse "seu muso" Fábio curtindo as férias juntinhos. Essa menina faz jus ao nome Diamond não é?

E se vocês querem mandar suas fotos curtindo as férias ainda está em tempo meus queridos! É só mandar para mundogege@gmail.com e contar o que vocês estão fazendo nas fotos que eu publico, okay? Um beijo e até a próxima!



sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Ah... o verão!

Olá meninas e meninos! Tudo bem com todo mundo? Curtindo as férias? Eu estou com meu lindo aqui em minha cidade e ai tive uma idéia: que tal a gente publicar fotos de vocês curtindo as férias? Mandem pra nós, que publicamos! E para motivar vocês eu vou colocar fotos minhas, curtindo as minhas férias. Lá vai:





Isso mesmo, essa sou euzinha no meu maiôzinho sem medo de ser feliz, com todos os meus quilinhos a mais e feliz. Quem não gostar sugiro que não visite essa página, rs. E essa foi com autorização do meu namorado tá?




Falando no meu bem ó ele curtindo o clube comigo! Nós dois numa boa sem neuras, sem medo de ser feliz!E não tem padrão nenhum que mude isso!


Agora é a vez de vocês! Mandem suas fotos curtindo uma praia, um clube, um passeio legal que eu publico! Só não esqueça de colocar seu nome, daonde voccê é e uma pequena descrição da foto mandada! O nosso email é: mundogege@gmail.com

Beijocas!

domingo, 3 de janeiro de 2010

Sem medo de ser feliz!

Quando eu tinha 22 anos eu fui para a praia com uma amiga, em viagem de férias. Quando cheguei lá é que me dei conta que 90% das meninas eram magras e usavam biquini. E geralmente eram essas que atraiam os olhares masculinos. Pelo menos era assim na minha cabeça. E foi assim que com um céu azul lindo, um sol maravilhoso e um mar imenso eu acabei me isolando de todo mundo no primeiro dia. Eu me sentia diferente e indesejável, como se gordo atrapalhasse a vista, sabe? Era assim que eu me via, uma estranha na paisagem, afinal se o Brasil é o país do biquini, o litoral é a capital. Eu me sentia uma pária. Fiquei dentro do quarto da casa que alugamos, olhando a minha mala e amaldiçoando as roupas, em especial o meu maiô. "Não entro nisso nem a pau, eu não preciso de praia" era o que eu me dizia (eu tenho uma tendência ao drama, notem, rs.) quando uma de minhas amigas entrou no quarto - magra - com seu biquini azul.
- Paulinha, vamos pra praia?
- Não quero.
- Porquê? O que aconteceu?
Contei à ela de forma resumida todo o turbilhão que se passava em mim. O como era difícil assumir meu corpo perante o mundo, o quanto era difícil encarar uma rejeição por parte das pessoas, o quanto eu queria me esconder em muitas roupas e bem escuras porque elas sim, emagrecem. Minha amiga me olhava compadecida, mas quando me respondeu, usou um tom de voz bem mais austero.
- Paulinha, você é o que é e a rejeição começa na sua cabeça. As pessoas na rua podem até olhar, mas quem se rejeita é você. Agora se você é gordinha, mas é feliz assim, quem tem algo com isso? Quem é que paga suas contas, você ou o mundo? Então, a quem você tem que prestar alguma satisfação? A você não é? Então decida-se: se você quer ser gordinha tem que ser feliz como escolheu ser. Se não quer ser pense nas alternativas e mude. O importante é: não importa como você é, o que importa é se você é o que quer ser.
Naquele dia eu fiz uma escolha. Eu escolhí ser feliz. Apesar de tudo. Apesar de todos. Olhares maldosos? É claro que eles existem. Preconceito, idem. Não foi o mundo que mudou, foi eu. Eu escolhí que ia me gostar como fosse. E se algum dia eu não me gostar assim, eu sei que sempre posso mudar, sempre há tempo. Eu sou uma pessoa livre para ser o que eu quiser, eu apenas não tinha visto até aquele momento. Eu curtí intensamente esses 9 dias de praia, tomei sol, nadei, dancei, bebí e arrumei uma paquerinha bem bacana lá. Hoje quando olho as fotos eu sinto saudades dessa amiga - ela mora em outro país agora - porque ela me ajudou muito. É nela que eu penso sempre que vou à praia, clube ou em qualquer outro lugar no qual antes eu tremeria antes de entrar por medo das pessoas. Porque a gente não deve pedir desculpas por ser quem é, nem andar cabisbaixo, nem se esconder das pessoas com medo da rejeição. A gente precisa se amar sempre e ter a certeza que o amor que a gente sente pela gente reflete nas pessoas e volta pra gente. É claro que esse é o meu ponto de vista, mas eu queria que você amiga ou amigo que está ai, morrendo de vergonha de colocar um biquini ou aquele vestido, ou você que acha que fica feio de sunga, por favor, não esqueçam: vocês são lindos como são, não deixem de viver a vida por causa de algum padrão, tá? 

Beijocas, Ana Paula. 

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Já pensando em Carnaval...

Ví isso no blog Beleza sem Tamanho e resolví espalhar, afinal notícia boa a gente precisa divulgar né?





Estou aqui pensando no que eu usaria... Mulher Gato ou Cleópatra com certeza! 


Beijos a todos! Ana Paula.