domingo, 18 de abril de 2010

:::Curtinhas:::

Gente, alguns recadinhos que eu não posso deixar de dar:
Primeiro, errei no nome de uma candidata: É Rita Prado e não Rita de Castro. Isso se chama falta de atenção. Rita, me desculpa, tá?
::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
Segundo, a votação encerra amanhã, não deixem de votar, mas eu já quero agradecer os mais de 600 votos que as meninas tiveram. Na minha opinião, todas mereciam ganhar!
::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
Terceiro, gostaria de convidá-los a lerem uma matéria sobre o universo plus size feita pela fofa Letícia Fontes e na qual, euzinha dou um pitaco! http://www.online.unisanta.br/2010/04-17/cultura-2.htm

No mais, mais tarde eu volto com novidades!

Beijocas! Ana Paula.

3 comentários:

Fabio disse...

Acabei de ler a matéria, e achei muito interessante e bem feita. Concordo, e digo que é visível que hoje existe uma tolerância maior ao peso, não por parte de cada pessoa em si, mas por parte das mídias sociais.
A moda percebeu, talvez um tanto tarde, que as mulheres "reais" representam um mercado tão significativo quanto o publico que a mídia customiza a seu favor. Hoje, percebe-se que as mulheres desejam que a moda se adapte a elas, e não o contrario.
O universo Plus Size é um mercado crescente, e quem estiver inserido nele desde já, certamente colherá bons frutos.

Renata Cotta disse...

Muito boa a matéria!! Eu sempre tive certa dificuldade de encarar a mim mesma e o meu peso, mas de uns tempos pra cá eu percebi que sou normal, linda e feliz! As redes sociais me ajudaram a conquistar novos e verdadeiros amigos, que assim como eu são plus size e se aceitam do modo que são! Seu Blog é lindo e está de parabéns pelas matérias e concursos que promove, Ana! Nunca mais vou parar de seguir!!

Papu Morgado disse...

Oi querida, claro que vc pode reproduzir o post! Um beijinho