sábado, 20 de fevereiro de 2010

Gordo é expulso de avião

Então, já não é novidade que algumas companhias aéreas nos Estados Unidos querem fazer com que os passageiros gordos paguem duas passagens, já postei essa matéria aqui tem quase um ano. E não é que dia desses aconteceu? O diretor, roteirista e ator Kevin Smith (na foto aqui ao lado) foi obrigado a se retirar do avião porque o capitão alegou "riscos de segurança". O problema é que Kevin é uma pessoa famosa e ficou indignadíssimo - com toda razão né? Pelo Twitter, a companhia aérea SouthWest Airlines se desculpou, mas eu me pergunto, isso é porque ele é famoso? E quanto aos outros gordos que voam todos os dias por essa e outras companhias aéreas? Essa moda não pegou no Brasil e nem eu acredito que pegue, mas é claro que fico pensando nos milhares de gordinhos que vão ficar com medo de pagar uma passagem e serem expulsos de um vôo, isso é indigno demais, gente! Para finalizar e citando abertamente o Shapely Prose, que foi de onde eu tirei essa matéria, vou colocar um trecho da fala da autora do blog porque concordo muito com ela e isso encerra a minha opinião no assunto:

Eu estou muito feliz que Kevin Smith, ser humano esteja a caminho de casa, mas eu também espero que Kevin Smith, pessoa com 1,6 milhões de seguidores em seu Twitter continue indignado por milhões de gordos que não estão em posição de dizerem "Bem vindos ao seus piores pesadelos, babacas".
 Depois de pousar, o primeiro twitt de Kevin dizia: Ei @SouthwestAir se desculpando comigo porque eu tenho uma plataforma. Eu sentei perto de uma gordinha que foi açoitada por não comprar uma passagem extra porque todos os passageiros merecem seu espaço. A droga do vôo nem estava cheio! Que se foda sua pólitica de tamanho! Mal-educados!

3 comentários:

Jakeline Magna disse...

Me identifiquei com o Blog... é já estou seguindo...

Fabio Rodrigues disse...

Eu nem sabia que eles podiam retirar o sujeito de seu assento...que loucura.

Lembro quando assisti o filme "O Balconista", foi bem interessante porque eu tinha (e ainda tenho) amigos que trabalharam e videolocadoras, lojas, inclusive hoje tenho um que é dono de Loja de Quadrinhos e outro é dono de um "Café" vegano (vegetariano)...rsrs.
O "Barrados no Shopping" é bem legal, mas segue uma linha mais POP, foi o primeiro filme que vi com Jason Lee, depois me viciei no seriado "My Name is Earl" que ele protagonizava.
Curiosamente, o Jason Lee é skatista amador, e eu tenho um amigo que morou no Japão, dividiu apartamento com outro skatista que na ocasião saia pra praticar junto com Jason, que passava fárias lá...rsrsrsrs...

Olha a maré de lembranças e acontecimentos que a materia do seu blog me proporcionou!!! .
Por isso eu digo: leiam diariamnete o MundoGG e ganhe seu dia!

Elis disse...

Ana, parabéns pela matéria!!
viajar de avião pra um gordinho é uma verdadeira ODISSEIA.
EU DETESTAVA. Lembro-me q certa feita, um comissário foi o responsável pela maior vergonha q ja passei. No auge dos meus 128 kg, apertadinha naquelas cadeiras minusculas, o cinto de segurança nao me fechava, eu precisava pedir um extensor (essa era a pior parte) morria de vergonha tds as vezes, pedia com voz tão baixa, que eles mal podiam ouvir, quando pedi, o raio do comissário além de repetir o q eu havia dito, ainda falou super alto, e disse q era melhor eu ir sentar-me na saida de emergencia, pois lá era "mais espaçoso". Meu rosto queimava de tanta vergonha,levantei-me de cabeça baixa e fui sentar onde ele havia sugerido. Aquilo foi a morte pra mim. Nunca senti tanta vergonha junto. Todo mundo no avião olhando...parecia que eu havia cometido algum crime. Ser gordo parece algo indigno, as pessoas te olham com um misto de pena e despreso, por achar q vc é daquele jeito por falta de "força de vontade".
Não é nada fácil ser gordinho e ainda assim manter a compostura.